segunda-feira, 29 de outubro de 2007

"SABES ONDE EU ESTOU"


Sabes onde eu estou!
Não preciso lembrar
Espero por ti sempre no mesmo sítio
O mundo pode dar voltas e voltas
Que não te vou esquecer nunca mais
Estás gravado no meu ser
Conhecer-te… amar-te…
O nosso olhar falou por nós
Foi como se tivéssemos sido atingidos por um raio
Deu faísca…
Apetecia-me tocar-te
Estavas tão perto e tão longe
Só precisava esticar a minha mão
Mas …não quis…não te toquei
Esperei que o destino nos juntasse
Mas somos nós que temos de baralhar
Temos de ajudar o destino
Se tu não estás não há amanhecer
Se tu não vens o pôr- do-sol perde a sua beleza
Sabes usar as palavras
O teu corpo tem música ao dizê-las
A tua pele macia o teu cheiro
Os teus olhos brilham de prazer
Os nossos olhares tocam-se
Parecem notas de uma pauta de amor
Que vai ser tocada a dois
A lua aparece irradiando toda a sua beleza
Tocas-me…
Perco a noção da realidade
Enlouqueces-me…
Sinto um arrepio de prazer
Mas sinto o teu calor…
As cartas estão baralhadas
O destino fará o resto.
"BRASA"

Um comentário:

ISABEL SANTOS disse...

EU SEI ONDE TU ESTÁS.
TU ESTÁS SEMPRE PRESENTE
UM BEIJÃO